23 de mar de 2012

Katy Perry falando mal de Beyoncé e Shakira?!


Tudo começou quando perguntaram à cantora sobre quando será o lançamento de seu trabalho em parceria com Rihanna. “Quão desapontado você ficaria se a música fosse lançada e não soasse tão bem?”, comentou, após dizer que não quer que a música fique como “Beautiful Liar”, de Beyoncé e Shakira.

A parceria entre Katy Perry e Rihanna foi anunciada pouco tempo depois do lançamento de “Birthday Cake” e “Turn Up The Music”, que geraram polêmica em volta de Rihanna pela sua parceria com o ex-namorado que a agrediu, Chris Brown. Alegando que a parceria existiu apenas porque Chris Brown é um grande nome no meio da música, anunciou também a parceria com Katy Perry.
Não foi divulgada nenhuma outra informação sobre a nova parceria, o que faz parecer que o projeto ainda está realmente no começo, ao contrário de alguns grupos que anunciam a dupla quando o trabalho já está bem adiantado. E a expectativa em torno da produção das duas, só ficou maior.
“Nós colaboramos em muitas coisas, só nas músicas que ainda não. É uma dessas coisas que leva muito mais tempo para construir do que entregar”, Katy começou a se explicar em uma entrevista. “Eu quero que seja como aquela música da Aretha Franklin com Eurythmics, ‘Sisters Are Doin’ It For Themselves”, não ‘Beautiful Liar’. Quão desapontado você ficaria se a música fosse lançada e não soasse tão bem? Às vezes você tem que esperar para ter o melhor.”
“Beautiful Liar” foi lançada em 2007, e o sucesso da música não chegou lá muito perto do que era esperado. O comentário pegou mal, e a imprensa sensacionalista aproveitou a deixa para espalhar a fofoca. Katy, ao invés de ignorar, deu o prato que esse tipo de imprensa queria: uma publicação “xingando muito no twitter”, mandando a imprensa “ir pastar” (para não usar a expressão exata) e perguntando se eles estavam falando dela por falta de outras notícias.
Pode ser que a imprensa tenha exagerado, mas não é a primeira vez que Katy dá um fora desses. A cantora já deu uma alfinetada em Lady Gaga, no lançamento do clipe de “Alejandro”, dizendo que “usar a blasfêmia como modo de entretenimento é como um comediante contando piadas de peido”. E não foi a única: John Meyer e Kanye West também foram um pouquinho destratados – mas, mais tarde, contratou o mesmo Kanye West para a produção da faixa “E.T.”

By : Juliana

3 comentários:

Letícia Castro disse...

Que babado :O

http://leticiac04.blogspot.com.br/

Letícia Castro disse...

Que babado :O

http://leticiac04.blogspot.com.br/

Mihh disse...

não consigo ver katty perry falando mal delas ;/ tomara que seja só boatoo

bjs
http://avidademalu.blogspot.com/ http://ohmygood-omg.blogspot.com/